sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Fla aproveita tropeço do Palmeiras e bate Flu com polêmica e confusão de arbitragem:

Polêmicas e confusões causadas pela arbitragem de Sandro Meira Ricci marcaram a primeira vitória do Flamengo em um clássico carioca neste Campeonato Brasileiro, na noite desta quinta-feira, em Volta Redonda, pelo Brasileiro, resultado que fez o time rubro-negro diminuir a diferença para o líder, o Palmeiras, para um ponto: 61 a 60.


O Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 1, no estádio Raulino de Oliveira. O placar era esse até os 38 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Henrique empatou, de cabeça, após a bola ser levantada para área. O assistente Emerson Augusto de Carvalho assinalou impedimento do defensor, mas Ricci ignorou e validou o gol do time das Laranjeiras. Foi o início da confusão em Volta Redonda.
Os jogadores do Flamengo pressionaram a arbitragem, que interrompeu o jogo para discutir o lance. Formou-se uma grande roda dentro do campo com jogadores, árbitro e assistentes, membros das comissões técnicas dos dois clubes e policiais. Após sete minutos de confusão, Ricci aceitou a marcação de Carvalho e anulou o tento.

Os jogadores do Fluminense não aceitaram, protestaram e tiveram apoio das arquibancadas. O técnico Levir Culpi também esbravejou bastante.

Antes, os fluminenses já reclamavam de uma suposta falta do zagueiro Réver no goleiro Júlio César em lance que resultou no primeiro gol do Flamengo, aos 11 minutos do primeiro, em cabeçada de Leandro Damião.

O jogo foi tão quente que já no minuto final o Fluminense acertou uma bola na trave e o goleiro Alex Muralha conseguiu, em dois lances, fazer uma defesa incrível em finalização de Wellington, asseguranda a vitória rubro-negra.

COMO FOI O JOGO

A oito rodadas do final da competição, o resultado apimenta ainda mais a briga pela taça do Brasileiro. Tudo que o Flamengo queria aconteceu nesta noite de quinta. Em Araquarara, o Palmeiras não passou de um empate sem gols com o Cruzeiro, o que fez a vitória rubro-negra deixar a diferença de pontos em 61 a 60.

Os gols do Flamengo foram marcados por Leandro Damião, aos 11 minutos do primeiro tempo, e por Fernandinho, aos 8 da etapa final. Marcos Júnior descontou.

O Fluminense, que busca a classificação para a Copa Libertadores, permanece na sexta colocação, com 46 pontos, entre os garantidos no torneio continental.

Uma curiosidade é que o único rival carioca derrotado pelo Flamengo neste ano havia sido justamente o Fluminense, mas pelo Campeonato Carioca. No mais, o time rubro-negro somava quatro empates e três derrotas (sendo um empate e um revés no Brasileiro).

OS GOLS

O Flamengo abriu o placar após falta cobrada da esquerda por Diego. Ele mandou a bola para dentro da área. O goleiro Júlio César acabou se atrapalhando com o zagueiro rubro-negro Réver ao deixar o gol e Damião, dividindo com William Matheus, marcou de cabeça, aos 11 minutos do primeiro tempo.

Os jogadores do Fluminense reclamaram de irregularidade, acusando um toque de Réver em Júlio César. O goleiro tricolor ficou bastante revoltado com o lance.

A equipe das Laranjeiras chegou ao empate logo no primeiro minuto do segundo tempo. O meia Gustavo Scarpa cruzou da direita. O volante Cícero serviu o atacante Marcos Júnior, que apenas empurrou a bola para a rede, livre de qualquer marcador.

Mas o Fluminense teve pouco tempo para comemorar. Aos 8 minutos, Fernandinho fez o segundo do Flamengo. Dentro da área, ele aproveitou uma furada de Wellington Silva, que deixou a bola inexplicavelmente passar diante de si, para marcar.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

O próximo compromisso do Flamengo será contra o Internacional, no próximo domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 31ª rodada.

Fluminense jogará com o São Paulo na próxima segunda-feira, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, pela mesma rodada do Nacional.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X FLAMENGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 13 de outubro de 2016 (Quinta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Cartão amarelo: Gustavo Scarpa e Wellington Silva (Fluminense); Alan Patrick (Flamengo)
Gols: Leandro Damião, aos 11 minutos do 1º tempo; Marcos Júnior, ao 1º minuto,Fernando, aos 8 minutos, e Henrique, aos 39 minutos do 2º tempo

FLUMINENSE:

Júlio César, Wellington Silva, Gum, Henrique (Pierre) e William Matheus; Pierre, Cícero (Marquinho) e Gustavo Scarpa; Marcos Junior (Magno Alves), Wellington e Richarlisson. Técnico: Levir Culpi

FLAMENGO:

Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Everton) e Diego; Leandro Damião (Emerson Sheik) e Fernandinho (Marcelo Cirino). Técnico: Zé Ricardo


Fonte: ESPN.Com
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário