domingo, 1 de junho de 2014

PALMEIRAS CAMPEÃO.



O Palmeiras conseguiu dois feitos inéditos nessa noite de domingo em Major Sales, ao vencer o Juventus de Santa Cruz pelo placar de 2 x 0, gols de Bigode e André.
Como é de costume, uma grande festa para a final da competição, com as duas equipes entrando lado a lado em campo, crianças e banda de música executando os hinos do município e nacional.
O estádio completamente lotado com a torcida atenta observando tudo.
Depois de toda a cerimônia a partida finalmente começa. E começa movimentado, com muito equilíbrio, fora de campo, a torcida do Santa Cruz dá um show a parte.
O primeiro lance de perigo veio acontecer aos 7 de bola rolando, quando Cléber bate falta de longe, e a bola vai para fora.
Depois dos 10 primeiros minutos, o time do Palmeiras passa a ter mais posse de bola, o time do Juventus fica recuado no seu campo de defesa e sai nos contra-ataques.
Aos 15 chega com perigo, depois da cobrança de escanteio, Maciano escora e ha o desvio a bola sai pela linha de fundo.Quando eram decorridos 20 minutos do primeiro tempo, Bigode tenta de primeira, bate de longe, mas a bola passa esquerda do goleiro Erisberto sem oferecer perigo.
Cinco minutos depois André com leve toque balança as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento.
Um minuto depois é a vez de Adinho experimentar, ele bate forte, mas a bola novamente vai para fora.
Aos 28, mais uma vez o Juventus vai ao ataque, depois da cobrança de escanteio, a bola é afastada pela defesa do Palmeiras em cima da linha.
Aos 30, uma bela jogada de Bigode, ele limpa três marcadores pela direita e toca voltando, André é travado na hora do chute.
Deivity tentou mais duas vezes, todas foram para fora.
Aos 35, André recebe da direita e no giro já bate para o gol, mas a bola novamente vai para fora.
O Palmeiras é só ataque, mas não consegue finalizar as bolas na direção do gol, a defesa do time paraibano muito bem postada não facilita para o time da casa, e Cléber tenta de longe mais uma vez, aos 36, e bola mais uma vez passa longe do gol.
E a partida no primeiro tempo acabou dessa forma, com o Palmeiras pressionando, mas não encontrando o endereço do gol. As duas equipes voltam para a etapa complementar, mais 40 minutos para decidir quem ergue a taça. Mais uma vez, o Palmeiras começa bem superior, com muito toque de bola, mas o time paraibano continua firme e forte no seu sistema defensivo.
Mas, aos 15, lançamento da esquerda, o goleiro Erisberto falha e solta a bola nos pés de Bigode que não perdoa e marca, 1 x 0, festa no Piozão. O time do Santa Cruz agora não lhe restava outra alternativa, é partir para cima. Aos 17, a resposta, Alan pela esquerda bate forte, e Flávio atento faz uma das poucas defesas no jogo. Aos 23, um lance de encher os olhos, o Palmeiras no ataque e depois do bate rebate a bola sobra quicando para Adinho que de costa acerta uma linda bicicleta, e se Erisberto falhou no gol, fez um verdadeiro milagre no lance e defendeu a bola. O time de Santa Cruz não tinha outra alternativa, era partir para cima em busca do empate, e quando saia sua defesa ficava vulnerável. Aos 26, Gavião rouba uma bola e faz a ligação direta com Salinho que entrou muito bem no segundo tempo, ele ganha na velocidade e na saída do goleiro toca para André, o artilheiro só tem o trabalho de encostar e marcar mais um, 2 x 0 para o Palmeiras, décimo quarto gol de André. O time de Santa Cruz continuava tentando, Edgleison acertou uns chutes fortes, mas a bola não teve o endereço certo. O Palmeiras dominava o jogo e continuava tentando marcar o terceiro. Mas, não deu tempo para mais nada e o Palmeiras venceu pelo placar de 2 x 0 e conquista de forma inédita o quinto título da CPF, sendo três consecutivos, 2012, 2013 e 2014 Lembrando que na partida preliminar, o TAMEC conquistou o terceiro lugar ao vencer o Beira Rio pelo placar de 3 x 2, com gols de Guinaldo, Jairo e Marcos, Taécio e Popó marcaram para a equipe vieirense. Após o jogo, tivemos a entrega de premiação.

fonte: site oficial da competição