terça-feira, 18 de outubro de 2016

De virada, SP dá sobrevida a Gomes, se afasta da degola e tira Flu do G6:

O São Paulo conquistou importantíssimo resultado nesta segunda-feira ao vencer o Fluminense, de virada, por 2 a 1, em Edson Passos. Wellington abriu o placar para os cariocas, que sofreram o revés após os tentos de Thiago Mendes e Rodrigo Caio.

Com a vitória, o São Paulo chega aos 39 pontos e se afasta da zona de rebaixamento, pulando para a 12ª posição. Além disso, o técnico Ricardo Gomes ganha sobrevida no comando da equipe. Já o Fluminense, por outro lado, se mantém com 46 pontos, perde três posições e fica fora do G6, em 8º.
O São Paulo entrou em campo disposto a fazer uma forte marcação e apostar nos contra-ataques. Logo aos 10min, o time poderia ter provado que a estratégia poderia ter dado certo. Após roubar a bola, os paulistas ficaram em maioria no campo de ataque, mas Cueva demorou a decidir o que fazer e acabou desarmado por Giovani. O peruano foi melhor quando teve chance de finalizar e acertou a trave de Julio Cesar.

Após a jogada à la Maradona de Wellington, Denis tentou parar a sequência de dribles do adversário e derrubou o rival dentro da área. Nesse momento, o técnico Levir Culpi cobrou a arbitragem pedindo a expulsão do goleiro do São Paulo. Restou ao 4º árbitro dar uma aula no treinador e explicar que a regra mudou. A penalidade já é considerada muito punitiva e o goleiro deveria levar apenas o amarelo, como, de fato, ocorreu.
 
Nenhum outro jogador teve mais destaque que Wellington. O atacante do Fluminense desfilou sua habilidade diante do São Paulo, que fazia marcação muito forte. Inspiradíssimo, ele marcou o gol do Fluminense após sofrer pênalti. Ele recebeu no campo de defesa e driblou quatro jogadores até ser derrubado por Denis. Em outro lance, chamou Buffarini para dançar e recebeu outra falta.
 
São Paulo muda no intervalo, melhora e consegue virada sobre Flu

A apática apresentação do São Paulo, no primeiro tempo, deu lugar a um time vibrante no segundo. Melhor na partida, os visitantes passaram a pressionar o Fluminense, que ganhava por 1 a 0. Após falha bizarra da defesa dos cariocas, os paulistas empataram com Thiago Mendes. A virada não demorou a vir: Rodrigo Caio de cabeça.

FLUMINENSE 1 X 2 SÃO PAULO

Data e hora: 17/10/2016, segunda-feira, às 20h (horário de Brasília)
Local: Edson Passos, em Mesquita (RJ)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias - PE
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Bruno Cesar Chaves Vieira – PE
Gols: Wellington, aos 30min do primeiro tempo; Thiago Mendes, as 26min, Rodrigo Caio, aos 36min do segundo tempo
Cartões amarelo: Wellington (FLU) Denis, Buffarini e Maicon (SPO)

Fluminense

Julio Cesar; Wellington Silva (Igor Julião), Henrique, Gum e Giovanni; Pierre (Douglas), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington, Marcos Júnior (Marquinho) e Richarlison
Técnico: Levir Culpi

São Paulo

Denis; Buffarini (Kelvin), Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schmidt, Thiago Mendes, Wesley e Robson (David Neres); Cueva e Chávez (Pedro)
Técnico: Ricardo Gomes

Uol Esporte




Nenhum comentário:

Postar um comentário