segunda-feira, 31 de julho de 2017

Mais Jogos Pela I Copa Pai Nô de Futebol:


Sem duvidas dois Grandes Jogos Movimentaram a I Copa Pai Nô de Futebol, Regional esse que de fato a Cada dia vem Atraindo Mais e Mais os Olhares dos Amantes do Amadorismo,


A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e natureza
Portuguesa ( Santanense )
No sábado 29  -  07  -  2017, Aconteceu as Estreias de duas Equipes Santanenses na Competição ou seja Portuguesa  X  Arsenal,

Jogando um Futebol Mais Eficiente e de uma Boa qualidade Técnica a Lusa Santanense Venceu o Arsenal Pelo Placar ( 3  a  1 ), Com Gols de Carlinhos, Bosquinho e Jarbas, Já a Jovem Equipe do Arsenal descontou com Pininim,

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé, atividades ao ar livre e natureza
Arsenal ( Santanense )

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem, montanha, atividades ao ar livre e natureza
Arbitragem Jpenhense
No domingo 30  -  07  -  2017, Tivemos um Encontro de duas Forças do Futebol Amador Regional Nesse Excelente Competição,

Sobradinho  X  Fluminense de Araras, Protagonizaram um dos Melhores Jogos do Evento Esportivo até o Momento,

Mas antes da Bola Rolar Foi Estabelecida uma Homenagem ao Garotinho Adriel, Vitima de um Acidente Verdadeiramente Inesperado no Inicio da Noite anterior,

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e natureza
Equipes Unidas
Todos Atletas, Arbitragem e as Comissões de  Ambas as Equipes de Mãos Dadas Desenvolveram um PAI NOSSO  e em Seguida Estabelecido um minuto de Silêncio em Respeito a Memoria da Criança,

Quando a Bola rolou o que se viu foi duas Grandes Agremiações em Campo, Criando Belas Jogadas e Com Isso Deixando o Bom Número de Torcedores Presentes no Pai Nô Extremamente Satisfeito,

A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre e natureza
Sobradinho
Poderíamos aqui Fixar Inúmeros Destaques no Jogo, mas quem Roubou a Sena foi a Incisiva Atuação dos dois Goleiros,

José Neto pelo Fluminense de Arara foi Firme e Seguro em sua Meta, Já Lucas do Sobradinho Levou a Galera a Loucura com Defesas Monumentais, com Isso o Placar Ficou Inalterável ( 0 a 0 ), em um Belo Jogo.

A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, listras, criança, céu e atividades ao ar livre
Fluminense de Araras

Manancial vence o jogo do ano e faz futebol de Major Sales subir ao pódio novamente:

O Manancial conquistou a vaga para final da décima quinta edição da Copa Primo Fernandes depois de empatar em 2 x 2 no tempo normal, com gols de Tonho e Adinho, e para a equipe do Uiraúna marcaram Manu e Godolias, e vencer nas penalidades pelo placar de 4 x 3, com grande atuação do goleiro Flávio,

 
Estádio lotado, apara o jogo entre as duas maiores potencias do futebol regional, Major Sales e Uiraúna, a casa representada pelo Manancial, e os visitantes pelo Uiraúna Esporte Clube.

O jogo é pegado, com bastante correria, as duas equipes partiam pra cima, nada de ficar esperando adversário.

Aos 10, Esquerdinha tabela com Manu, toca para Juninho Paraíba, mas ele chuta mal de esquerda e a bola vai para fora.

O time de Major Sales com mais posse de bola, mas não consegue chegar com perigo a meta do goleiro André.

Já o Uiraúna aos 13, é mais objetivo, rouba a bola, Esquerdinha faz bela jogada individual, toca para Manu, que balança o corpo, deixa o zagueiro no chão, e chuta forte para fazer, 1 x 0 para Uiraúna,


O time de Major Sales vai ao ataque, e aos 15, Kairo na entrada da área bate forte, e a bola vai na trave, quase o gol de empate, para o desespero do torcedor nas arquibancadas, a bola não entrou,



A equipe da casa não se abalou com o gol sofrido, com o apoio da torcida, o time partiu pra cima, aos 16, Adinho lança na área, Tonho cabeceia e o goleiro André faz mais uma boa defesa.

O time de Uiraúna com muita qualidade vai ao ataque, aos 17, Arthur recebe de Josivan, gira e chuta forte, mas a bola vai por cima.

Dois minutos depois, a equipe do Manancial cria grande oportunidade, Adinho lança Zé Maria na área, ele fica na cara do gol, limpa o goleiro André, mas não consegue concluir a jogada e a bola vai para fora, desperdiçando grande oportunidade.

O jogo era intenso, com ataques de um lado e do outro, aos 20, Juninho Paraíba cobra falta, e Flávio pega firme,


Arthur quase marca aos 22, depois do chute de João Paulo, o camisa 9 paraibano pega o rebote de cabeça e a bola vai por cima.

Juninho tentou aos 24, passando por dois adversário, mas o chute não saiu como ele queria e a bola foi para fora.

Adinho, em tarde inspirada tenta de longe aos 26, e o goleiro André defende.

Aos 27 minutos, Kairo recebe de Deyvity, lança na área, Tonho chega batendo e encobre o goleiro André, fazendo o gol de empate, 1 x 1, festa no Piozão,


A equipe do Manancial fica mais forte que nunca, os jogadores motivados correm em busca da virada, aos 30, Tonho recebe a bola no contra-ataque, avança, e chuta de fora da área, mas a bola vai para fora, ele poderia ter tocado para Deyvity que corria ao seu lado pela esquerda, mas preferiu chutar.

no último minuto de bola rolando no primeiro tempo, acontece um lance incrível, Esquerdinha pela meia esquerda bate forte da entrada da área, e o goleiro Flávio "opera seu primeiro milagre" da tarde, fazendo uma defesa espetacular, a torcida do Uiraúna, ficou com o grito de gol entalado na garganta.

Com placar empatado em 1 x 1, termina o primeiro tempo.

O segundo tempo já começa com emoção, no primeiro lance, Zé Maria faz jogada pela esquerda e cruza na medida para Adinho na área de cabeça fazer, 2 x 1 para o Manancial,


Virada no Piozão, e o jogo pegava fogo, aliás, a partida era pura adrenalina o tempo todo.

Depois do gol da virada, a equipe de Uiraúna passou a pressionar fortemente o adversário. Aos 08, Esquerdinha recebe na entrada da área e chuta forte, mas a bola vai por cima.

O time do Manancial chegou novamente aos 9, quando Kairo chega batendo forte, o goleiro André defende, a bola sobra para Zé Maria, o atacante ainda tenta de cabeça, mas a defesa corta.

Aos 13, Esquerdinha bate falta, a bola resvala na barreira e o goleiro Fávio pega.

O time paraibano era só pressão, em desvantagem no marcador, partia com tudo em busca do empate.

Aos 17, Buiú lança rasteiro na área, Arthur chega e bate forte, a bola vai na trave quase acontece o empate.

A equipe do Uiraúna jogava no ataque, já o Manancial, não conseguia jogar, vencendo a partida, o time não cadenciava o jogo, de forma errada, quando pegava a bola partia para cima, de forma desorganizada perdendo muitas bolas, e sofrendo com os contra-ataques do adversário.

E não deu outra, como só o Uiraúna tinha a bola, a equipe paraibana chegou ao objetivo aos 21, depois do cruzamento de Esquerdinha e bate rebate na área, Godolias pega a sobra e empata o jogo, 2 x 2.


Dessa vez, a festa era da torcida de Uiraúna.

O jogo ficou aberto, as duas equipes continuavam atacando, o terceiro gol para qualquer uma das equipes aquela altura, poderia significar a classificação para a grande final.

Aos 29, após cruzamento de falta, a bola sobra para Deyvity que chuta forte, o goleiro André faz boa defesa e salva a equipe paraibana de tomar o terceiro.

Esquerdinha responde para o Uiraúna aos 30, ele manda com força, mas a bola passa longe da meta defendida pelo goleiro Flávio.

Zé Maria também tentou aos 34, mas a bola passou longe.

Com os jogadores já desgastados depois da correria intensa durante todo o jogo, os mesmos dão uma cadenciada, tirando um pouco o pé do acelerador e o tempo vai passando, sem mais nenhum lance de perigo, após 3 minutos de acréscimo, o jogo acaba empatado em 2 x 2.

Pênaltis

Se o jogo já foi emocionante no tempo normal, imagine nas penalidades, que por si só já é uma disputa de muita emoção, mas essa em especial, foi demais.

A primeira cobrança para o Manancial, Zé Maria cobra, a bola o goleiro vai para um cato, e a bola vai para o outro, mas acerta a trave. 0 x 0.

Juninho Paraíba cobra e faz, Uiraúna 1 x 0.

Adinho cobra e faz, 1 x 1.

Esquerdinha cobra, e Flávio defende, 1 x 1.

Tonho, bate bem na bola e deixa Manancial na frente, 2 x 1.

Manu bate para o Uiraúna e empata novamente 2 x 2.

Deyvity bate muito mal, e a bola vai para fora, continua 2 x 2.

Arthur tem a chance de deixar o Uiraúna na frente, Mas Flávio defende mais um, 2 x 2.

Kairo cobra, e faz, Manancial 3 x 2.

João Paulo também deixa o seu, 3 x 3.

As duas equipes já haviam cobrado as 5 penalidades cada, era hora dos alternados.

Bruno cobra, e a bola vai por cima, 3 x 3.

Josivan, era só fazer e conseguir a classificação, mas o atleta do Uiraúna imitou Bruno e chutou por cima, 3 x 3.

Dorinho bateu e marcou o quarto do Manancial, 4 x 3.

Godolias, autor do gol que deu o título da equipe em 2009, e também marcou o gol de empate nesse jogo foi para cobrança, e brilho o goleiro Flávio mais uma vez, defendendo e dando a classificação ao time da casa.

Final, Manancial classificado para a final 4, Uiraúna eliminado 3.

O time do Manancial vai fazer a grande final no sábado as 16:00 h, contra a equipe do 08 de Maio de Jericó.

Já o Uiraúna, também no sábado, as 14:00 h, decidindo o terceiro lugar contra o Cruzeiro.

Manancial:



Flávio, Alexandre (Bruno), Dorinho, Gavião, Deyvity, Antonio Vitor (Keninim), Baiá, Adinho, Kairo, Tonho e Zé Maria. Tec. Cléber.

Uiraúna:


André, Buiú, Bitinha, Godolias, Josivan, João Paulo, Sandrinho, Juninho Paraíba, Esquerdinha, Manu e Arthur. Tec. Téa.

Copa Primo Fernandes

Abertura da IV Copa Gustavo Alves de Futebol na Categoria Veteranos:


Lance do jogo - Foto Cláudio organizador do evento

Confira os resultados dos dois (02) jogos de estreia do evento 2017
Pelo Grupo A 

Vidraçaria Souza (PDF) 06 x 02 AC Motos (MV)
Gols: Cleber (2), Nailton (2), Canindezinho e Wilton (Vidraçaria). Jonas, Sete Couro (AC Motos)
- Com o resultado a Vidraçaria Souza sobe para a primeira colocação do grupo A, com três (03) pontos. O próximo jogo do clube será dia 27 de agosto, as 8:40 contra a equipe do Amigos da Bola. A derrota do AC Motos logo na estreia da competição na lanterna dentro do mesmo.

Pelo Grupo D 


Ass. Arizonense 05 x 03 Seleção de Itaú
Gols: Chico do Alho (2), Meninininho (2), Jadílson  (Ass. Arizonense). Rogério,  Rodrigo e um contra  (Sel. Itaú).
- Logo na estreia da competição, a instituição Arizonense estreou com vitoria, e assumindo a primeira colocação do grupo D.
Já a equipe de Itaú, estreou com derrota, e o pior com menos quatro (- 4) gols de saldo, e ocupa a lanterna dentro do grupo.


Arbitragem

Luciano Libânio e Hugo
Classificação conforme a primeira rodada do evento

Grupo A
01 - Vidraçaria Souza.........03
02 - Amigos da Bola....... ...00
02 - Beira Rio.....................00
04 - AC Motos....................00

Grupo D
01 - Ass. Arizonense.......03
02 - Barragem............... 00
03 - Seleção Itaú...........00

- á estão usados os critérios de desempate.

Link da Tabela e classificação de forma detalhada.
 http://www.aldeirtorres.com/2017/07/tabela-completa-da-4-copa-veterano-2017.html

Aldeir Torres

domingo, 30 de julho de 2017

08 de Maio elimina o Cruzeiro e chega pela primeira vez a final:


Deu 08 de Maio de Jericó na semifinal dessa tarde de domingo em Major Sales, depois do empate em 2 x 2 no tempo normal, com gols de Abimael e Léo para a equipe vitoriosa, e Maycon Apodi e Paulinho Aparecida para o time sousense, nas penalidades 8 x 7.

Foi sem dúvida um dos melhores jogo da competição, todo mundo esperava 08 de Maio recuado, e um Cruzeiro em cima, mas foi exatamente o contrário logo no começo do jogo,


Logo aos 3 minutos de bola rolando, Kássio cobra falta, e o goleiro Erinaldo defende mandando para escanteio.

Na cobrança de escanteio, há uma dividida e a bola é afastada por Vitor de cima da linha, quase o primeiro do 08 de Maio.

O time de Jericó permanecia no ataque, e aos 07, Kássio recebe livre de marcação e bate forte, mas a bola passa longe.

A equipe do 08 de Maio mandava no jogo, o Cruzeiro estava irreconhecível na partida, aos 17, mais um ataque do time de jericó, a bola sobra para Jakson, que bate forte, mas passou muito longe da meta de Erinaldo.

Um minuto depois, foi a vez de Abimael, recebeu na esquerda, chutou forte cruzado, e o goleiro Erinaldo defende.

O time sousense finalmente foi ao ataque, e aos 23, Paulinho Aparecida cobra falta, mas a bola passa por cima do gol, sem nenhum perigo.

As duas equipes passam a cadenciar mais o jogo, e diminuem a correria.

Aos 31, mais um vez o Cruzeiro chega, dessa feita com Pitu que chuta de longe, mas a bola fica nas mãos do goleiro Carlinhos.

Já eram passados 35 minutos, quando a defesa do Cruzeiro falha, Abimael se aproveita, avança na área e bate forte, o goleiro Erinaldo ainda toca nela, mas não é suficiente para evitar o gol, 1 x 0 para o Jericó,


O time do Cruzeiro tentou mais uma vez através de Paulinho Aparecida cobrando falta, mas a bola passa sobre o gol de Carlinhos.

Terminando assim o primeiro tempo, com a vitória parcial do 08 de Maio, 1 x 0,


Na segunda etapa, o jogo fica mais truncado, onde o primeiro lance de ataque mais agudo só acontece aos 16 minutos de bola rolando, quando Maycon Apodi chuta de primeira, mas a a bola vai para fora.

Aos 17, o time de Jericó vai ao ataque, Lucas Mendes cruza rasteiro, Abel chega batendo e a bola vai para fora, perdendo excelente chance de ampliar o marcador.

O time do Cruzeiro em desvantagem no marcador vai com tudo pra cima do adversário, e consegue alcançar o objetivo aos 19, Maycon Apodi pega de primeira pela esquerda e acerta um belo chute, fazendo um golaço, empatando o jogo em 1 x 1,


O time sousense se anima, e embalado corre em busca da virada.

O 08 de Maio a princípio parece ter sentido o gol, pois a equipe na primeira etapa mandava no jogo, e teve grandes chances de fazer um placar mais favorável.

Mas não demorou muito, e o time de Jericó deu a resposta a altura, aos 25, Abimael lança na medida, e Léo de cabeça desempata o jogo, 2 x 1,


O jogo partia para o seu final, e ficava cada vez mais movimentado, as equipes faziam alterações, pois o desgaste físico era grande.

Aos 32, lançamento na área, Patrício que entrou no lugar de Jayro cabeceia, mas o goleiro Carlinhos defende.

O time do Jericó se aproximava da final, pois fazia uma partida muito boa, até que aos 33, Vitor avança na área, e os jogadores do 08 de Maio fazem falta boba, e a arbitragem assinala pênalti.

Paulinho Aparecida cobra, e empata o jogo, 2 x 2,


Muito desgaste dos jogadores, e em um momento do jogo ficam caídos 4 jogadores, dois de cada equipe.

O árbitro Renato Bezerra apita, fim de jogo, 2 x 2, e a decisão vai para as penalidades.

Pênaltis

O time de jericó é quem começa batendo, Jackson cobra e faz, 1 x 0.

Paulinho deixa tudo igual, 1 x 1.

Otávio marca o segundo para o 08 de Maio, 2 x 1.

O goleiro Erinaldo cobra e empata novamente, 2 x 2.

Abimael também marca o seu, 08 de Maio 3 x 2 Cruzeiro.

Matheus marca para o Cruzeiro, 3 x 3.

Luqinha marca o quarto da equipe de Jericó, 4 x 3.

Patrício empata para a equipe sousense, 4 x 4.

Abel cobra o quinto do 08 de Maio, e converte, 5 x 4.

Maycon Apodi, cobra o último para equipe de Sousa, e deixa novamente tudo igual, 5 x 5.

A decisão então, vai para as alternados.

Noca cobra e marca para o o 08 de Maio, 6 x 5.

Vitor Magnata cobra e empata de novo, 6 x 6.

Léo cobra para o para equipe de Jericó e marca 7 x 6.

Gago deixa novamente tudo igual, 7 x 7.

Lucas Mende cobra e marca o oitavo para a equipe, 8 x 7.

Gerlândio cobra e o goleiro Carlinhos vai no cantinho e defende.

Final, 08 de Maio 8 x 7 Cruzeiro.

A equipe de Jericó chega pela primeira vez a final da competição, em sua segunda participação, e agora espera pelo vitorioso entre Manancial e Uiraúna que jogam nesse domingo.


Jericó:



Cruzeiro:



sábado, 29 de julho de 2017

Belos Jogos Pelo Municipal de Futsal Jpenhense:

Na Noite dessa sexta feira 28  -  07  -  2017, Foi Realizado dois  Bons jogos Pelo Campeonato Municipal de Futsal em José da penha RN, Laboratório  Esportivo Esse que a Cada Dia Revela Mais e Mais Atletas  Para o Cenário Esportivo de toda Região,

Foram de fato dois Excelentes jogos ou seja as 20:00 Hrs  no Ginásio de Esportes Antônio Judene Pereira Tivemos as Estreias do Frigorifico Teodoro  X  Atlético de Caiçarinha,

Jogando um Futsal Mais Eficiente e Sabendo por Demais se Aproveitar das oportunidades Criadas durante a Partida, o Frigorifico Teodoro Goleou de Forma Impiedosa a Equipe do Atlético de Caiçarinha pelo Placar de ( 5  a  0 ), Gols de Claudinho, Vinicius, Caio, Batista e Mauricio,


Já na Baixa do Fogo Tivemos Mais um Jogão de Bola que premiou o Bom Público Presente na quadra de esportes daquela Acolhedora Comunidade,

Labaredas EC  X  Atlético Jpenhense estabeleceram em quadra o fino do Futsal, A Jovem Equipe da Baixa do Fogo até que Iniciou avassaladora formulando ( 1  a  0 ) no Placar Gol do Atleta Otavio,

Mas o Atlético Jpenhense sob comando do Bom Treinador Adiciano Costa não se Intimidou e Pouco a Pouco Cresceu no Jogo,  aplicando  uma Sonora Goleada no seu Oponente ( 7  a  1 ), Gols de João Pedro (2), Narilson (2), Matheus (2) e Vafilo,

Nisso o Grupo B tem até o Momento o Atlético Jpenhense na Liderança, seguido pelo Frigorifico Teodoro, Atlético de Caiçarinha e Labaredas EC.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Há quinze anos, Atlético de Cajazeiras conquistava o Campeonato Paraibano de Futebol:


É… Campeão
 
Atlético conquista o primeiro título em 54 anos de sua história
 
CRISTINA MOURA:
 
O “time da sopa” ganhou. Chegando ao final com 19 pontos, conquistados também pela ausência do Campinense na última partida, no Estádio Perpétuo Correia Lima, o Atlético, o “time da fome”, ganhou. Foi a vitória do time “sem-salário” também.
Não eram poucas as expressões ou apelidos que corriam na cidade para definir a equipe que, apesar de tão espezinhada no primeiro turno e no decorrer dos últimos anos, reagiu, ressurgiu com a ajuda dos amantes do futebol. O “time da sorte” ganhou.
“Estamos mostrando a toda a Paraíba que temos raça, temos peito, temos coração e amor à camisa. Este foi um presente para Cajazeiras. Futebol é paixão”, afirmou o prefeito Carlos Antônio.
No último domingo de julho, o Atlético Cajazeirense de Desportos levantou sua taça de Campeão da Paraíba, vibrou junto com um público jamais visto no Perpetão (quase oito mil pessoas) e comemorou mais um aniversário. E que comemoração…
Desde a sua fundação, em julho de 1948, o time apenas chegou perto da vitória, quando foi campeão do primeiro turno, em 1994. Há oito anos, portanto, as equipes que já passaram pelo futebol profissional cajazeirense vinham se formando e se dispersando, enfrentando duras críticas, chegando, inclusive, a trocar de treinador quatro vezes por rodada.
Com uma larga força de vontade da equipe deste ano, o Trovão Azul do Sertão volta a brilhar, desta vez com mais entusiasmo, por ter conquistado, também uma vaga na Série C do Brasileiro e uma vaga na Copa do Brasil. Salvo, em grande parte, pelo patrocínio oficial do Grupo Rio do Peixe, com o total apoio do presidente e proprietário da rede, José Gonzaga Sobrinho, Deca, assumidamente apaixonado pelo futebol.
 
Celeumas resolvidas
 
Mesmo com um forte patrocinador, cobrindo mais de 60% das despesas, o Atlético apanhou. Foi necessária uma intensa campanha através da imprensa, para obter combustível para as viagens e, principalmente, alimentação para os jogadores. Os altos e baixos com a Federação Paraibana de Futebol também contaram para uma fraca atuação do atlético no primeiro turno.
O ex-presidente do clube, Padre Francivaldo do Nascimento Albuquerque, e a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Rosilene Gomes, travaram discussões dentro e fora da imprensa que acabaram desaguando na estruturação do time. Dentre várias questões consequentes, aconteceu a falta de regulamentação de jogadores no início do Campeonato e o time tendo que atuar, nos seus primeiros jogos, sempre com uma formação diferente.
Devido às celeumas, o Atlético acabou perdendo, no mínimo, os seus “mandos de campo”, jogando as quatro primeiras partidas do hexagonal fora de casa. Por obra do destino futebolístico, o Trovão, nessa mesma fase, conquistou sete pontos com duas vitórias, contando com a do Serrano, de 2 x 0, mais um empate com o Campinense, de 1 x 1.
 
 
A arte da união
 
Depois da fase conturbada, o Atlético acabou pegando todos os jogos da fase principal em casa. Vieram saborosos placares para a equipe: Atlético 4 x 1 Treze; Atlético 3 x 2 Serrano; e o mais festejado: Atlético 2 x 0 Sousa. Este último placar, segundo a maioria dos torcedores, o que consagrou a verdadeira vitória ao time, lembrada por causa da antiga rixa entre Cajazeiras e Sousa. Foi outra partida campeã de público no Perpetão, realizada no último dia 21.
Mas, foi o dia 28, no entanto, que ficou registrado na História do Futebol Paraibano e na alma de muitos cajazeirenses que viveram o esporte desde a fundação do time. Segundo a imprensa esportiva local, nos últimos 20 anos, não se ouviu falar num Atlético “tão unido”. Um dos responsáveis por essa arte foi o treinador, Tassiano Gadelha, que atuou dez anos no Auto Esporte, de João Pessoa, tentou ganhar pelo Atlético nas últimas quatro partidas no ano passado, mas, somente este ano, consagrou-se como campeão.
Devido ao afastamento do Padre da presidência do time, Tassiano foi também presidente da Junta que governou o Atlético durante os últimos meses. Outra responsabilidade do treinador, junto com o obstinado preparador físico Eduardo Silvestre, o preparador de goleiros Bartolomeu Pinheiro (o nosso Bartol), além do massagista Afonso Santos, dos mordomos e de dezenas de outras pessoas envolvidas com o time, foi tentar resgatar a auto - estima dos jogadores. A Comissão Técnica conseguiu. O time ficou habituado com o seu próprio contra-ataque, isto é, com os seus gols “de virada” ou nos momentos finais das partidas.
 
 
Eles
 
Acompanhando o perfil do Trovão, o artilheiro Nino Baiano fechou o Campeonato deste ano com 13 gols marcados. Outros bem desenvolvidos dentro do campo, cada um com seu talento individual somado à paciência do treinador: o meia Wellington, o zagueiro Zé Antônio, o lateral Alves, além de Silva e Cacá e outros e outros que, segundo o treinador, “cresceram tecnicamente”, como Edmilson, Berg, Canízio, Joan, Jiqueta, Pedrinho, Miller, Alonso, Pepeu, Almir, Oséas, Eduardo…
Para o jogo contra o Campinense, a equipe estaria montada com Andreon, Alves, Adriano, Zé Antônio e Rinaldo, Naldo, Nildo, Arnaldo e Cacá, Nino Baiano e Magno.
 
 
Pontos
 
Com a partida marcada para as 16h00 do último dia 28, e não acontecendo devido à ausência do adversário, o Trovão acrescentou os três pontos aos 16 que já haviam sido conquistados. Muitos acreditavam que o Trovão revidaria a vitória que o Campinense pregou, no último dia 19 de maio, em Campina Grande, vencendo de 4 x 1.
Além de cinco derrotas e quatro empates, o Trovão contabilizou suas 10 vitórias dentro do Campeonato. Uma das mais folgadas foi sobre o Esporte, de Patos, que tomou oito gols, na tarde do último dia 28 de abril, no Perpetão. Até o arquiinimigo do Atlético, o Sousa, acabou “ajudando”, porque havia ganho do Treze, dias atrás, diminuindo os pontos totais deste, claro, e perdido para o Trovão na última disputa dos dois.
Mesmo que tivesse enfrentado o Campinense, na sua última atuação no Campeonato deste ano, o Atlético teria sido campeão, já que, as outras partidas que ocorreram, na mesma ocasião foram generosas: Sousa 2 x 2 Serrano e Treze 1 x 2 Botafogo, este último ficando, portanto, como vice-campeão paraibano.
 
Ano que vem…
 
Para a Série C do Brasileiro, é trivial o patrocínio da CBF para o campeão. Para o Paraibano do ano que vem, a torcida atleticana espera, para o Trovão, pelo menos os salários dos jogadores em dia, a residência dos atletas com contas de água e luz e aluguel pagos, ônibus e combustíveis garantidos, descomplicações na Justiça e a paz reinando junto à FPF. A sopa também poderia ser mais robusta.
TEXTO PUBLICADO NA EDIÇÃO Nº 7 DA REVISTA OBA!, DE JULHO DE 2002
 

Manancial x Uiraúna, rivalidade histórica:

 
Nesse domingo, 30, acontece um dos mais aguardados duelos da competição, apontado por muitos como uma final antecipada, assim pode-se falar do confronto entre Manancial x Uiraúna EC.

O jogo vale a velha rivalidade entre o futebol de Uiraúna e Major Sales, que já se enfrentaram algumas vezes, e existe muito equilíbrio, mas o confronto em si, falaremos mais adiante.

Inicialmente vamos falar sobre as campanhas.

O Manancial vem do grupo B, onde ficou na primeira colocação com 9 pontos, e segundo lugar na classificação geral.

Nas oitavas de finais, a equipe de Major Sales passou fácil pelo Popular depois de vencer pelo placar de 4 x 1, a mesma facilidade não foi encontrada nas quartas quando passou apertado pelos amigos com vitória de 1 x 0.

Tem como artilheiro da equipe e também da competição, Tonho, com 8 gols.

O time de Major Sales chega com 19 gols marcados e 9 sofridos, o que não é normal a quantidade de gols sofrida por uma equipe de Major Sales, aliás por falar nisso, em 2015, o Palmeiras chegou a incrível marca de não sofrer nenhum gol naquela edição.

A equipe paraibana marcou menos, e também sofreu menos, balançou as redes dos adversários 15 vezes e sofreu 5 gols, e tem o mesmo saldo de gols do time potiguar, 10 gols.

O artilheiro do Uiraúna é Manu, com 4 gols, metade dos gols do artilheiro do Manancial.

São duas grandes equipes, o time de Major Sales tem a vantagem de jogar em casa, já o Uiraúna, tem um elenco recheado de profissionais, acostumados a pressão da torcida em qualquer local.

Esse é o primeiro duelo entre essas duas equipes, no que se refere ao nome, no caso do Manancial, mas é praticamente a mesma equipe do Bom Jardim que disputou no ano passado, e uma sequência do Palmeiras que não existe mais.

Mas o duelo entre Major Sales x Uiraúna, esse tem história, de rivalidade, e futebol de alto nível, são 8 títulos de Copa Primo Fernandes, 6 potiguares e 2 paraibanos.

A história das duas equipes no mata-mata.

Em 2009, o Uiraúna conquistou o seu primeiro título dessa competição, em cima exatamente do Palmeiras.

No ano de 2010, as duas equipes se enfrentara nas quartas de final, naquela oportunidade empate em 2 x 2, Palmeiras levou a melhor nas penalidade.

Em 2014, mais uma vez nas quartas de final, e o Palmeiras levou a melhor, vencendo por 2 x 0.

Em 2016, o representante de Major Sales, foi a equipe do Bom Jardim, num jogo cheio de polêmicas, e de três gols, mas o time de Uiraúna levou a melhor vencendo por 2 x 1.

Esse ano, os dois se enfrentam novamente na mesma fase do ano passado, será um duelo e tanto, no mata-mata, as duas cidades empatam em 2 x 2, só que o Uiraúna leva a vantagem de ter conquistado o título em cima do rival, na única vez que fizeram a final.

Por falar nisso, muitos apontam como uma final antecipada, pelo menos foi isso que aconteceu até aqui, quem venceu esse duelo, acabou sendo campeão, foi assim em 2009, na final, em 2010 nas quartas, o Palmeiras acabou levando, a história se repetiu em 2014 e 2016, mas todos sabemos que futebol se ganha dentro de campo, e as 4 equipes que chegaram até aqui, terão que se esforçar bastante para conquistar o tão sonhado título.

Copa Primo Fernandes

1° Ecopedal Rota das Cavernas em Felipe Guerra:


Belo Evento
Dia 24 a gente vai se encontrar em Felipe Guerra, no 1° Ecopedal Rota das Cavernas. Diniz, que é o organizador principal está prometendo um super evento na cidade.
Posso dizer que  é uma região muito bonita, cheia de pedras e de terreno relativamente plano. Talvez um dos mais belos ecopedais dos quais você poderá participar sem suar muito a camisa.

Digo que talvez, porque vai depender do percurso a ser escolhido pela organização. Mas independente do trajeto, de vários ângulos é show! Digo porque pedalo por lá!
Inscrições se iniciam agora no dia 01/08. Fique ligado!

Mais informações, vou repassar à você ao longo do mês aqui no site. Cadastre seu e-mail ai no campo ao lado para receber informações em primeira mão do nosso site e deste evento.


Rota das Cavernas

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Belos Jogos Pelo Campeonato Municipal de Futsal em José da Penha RN:

Nessa sexta feira 28  -  07  -  2017, Acontecerá dois Excelentes Jogos Pela Competição de Maior Rivalidade da Região Oeste Potiguar,

O Campeonato Municipal de Futsal Jpenhense Evento Esportivo Esse que tem uma Premiação Verdadeiramente Magnífica,

Promoverá  dois Belos jogos ainda pela Primeira rodada, as 19:00 Hrs na  Baixa do Fogo Teremos Labaredas ( Baixa do Fogo )  X  Atlético Jpenhense, Nesse Horário  indistintamente na Vila Major Felipe mais um Jogão de Bola ou seja Frigorifico Teodoro  X  Atlético de Caiçarinha,

No sábado 29  -  07  -  2017, não Haverá Jogos, Logo Mais Traremos as Datas dessas Partidas que de fato foram  adiadas,

Sem duvidas Maravilhosos Jogos Para uma Competição que a Cada Dia Cresce Incisivamente no Desporto Amador Regional,

Promessa de um Grande Público.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

4ª Copa Veterano Gustavo Alves - 2017. (1ª Rodada):




No domingo, 30 começará  a 4ª edição da Copa Veterano Gustavo Alves no míni campo dos Barracos, município de Rafael Fernandes/RN. Com os seguintes jogos:

Pelo Grupo A -  As 7:40:
Vidraçaria Souza (PDF) x AC Motos (MV)
 
Pelo Grupo D – As 08:40:
Veteranos de Itaú (Itaú) x Ass. Arizonense (PDF).
 
Arbitragem
Não definida até o fechamento da matéria,

Aldeir Torres


 

Tabela completa da 4ª Copa Veterano Gustavo Alves- 2017:

Imagem da Copa Gustavo Alves (Aberto) - (Foto Aldeir Torres Sport)

Data
Hora
JG
Fase
GP
Clube A

x

Clube B
30/07/2017
7:40
01
GP
A
Vidraçaria Souza

x

AC Motos
30/07/2017
8:40
02
GP
D
Riacho de Santana

x

Veterano da Serra
06/08/2017
7:40
03
GP
C
Bom Sucesso

x

Estrela F.C
06/08/2017
8:40
04
GP
D
Ass. Arizonense

x

Barragem
13/08/2017
7:40
05
GP
A
Amigos da Bola

x

Beira-Rio
13/08/2017
8:40
06
GP
B
América Oeste

x

23 de Abril
20/08/2017
7:40
07
GP
C
Velho do Milho

x

Bom Sucesso
20/08/2017
8:40
08
GP
D
Seleção de Itaú

x

Ass. Arizonense
27/08/2017
7:40
09
GP
B
Veterano da Serra

x

América Oeste
27/08/2017
8:40
10
GP
A
Vidraçaria Souza

x

Amigos da Bola
07/09/2017
15:45
11
GP
A
Beira Rio

x

AC Motos
07/09/2017
16:45
12
GP
B
23 de abril

x

Riacho de Santana
10/08/2017
07:40
13
GP
D
Barragem FP

x

Seleção de Itaú
10/08/2017
08:40
14
GP
C
Estrela F.C

x

Velho do Milho
17/09/2017
07:40
15
GP
A
AC Motos

x

Amigos da Bola
17/09/2017
08:40
16
GP
B
Riacho de Santana

x

América Oeste
24/09/2017
07:40
17
GP
B
23 de abril

x

Veterano da Serra
24/09/2017
08:40
18
GP
A
Beira Rio

x

Vidraçaria Souza



8ªfinal
-








8ªfinal
-








8ªfina
-








8ªfina
-








8ªfina
-








8ªfina
-








8ªfina
-








8ªfina
-








4ªfinal
-








4ªfinal
-








4ªfinal
-








4ªfinal
-








S.final
-








S.final
-








Final
-