segunda-feira, 31 de julho de 2017

Manancial vence o jogo do ano e faz futebol de Major Sales subir ao pódio novamente:

O Manancial conquistou a vaga para final da décima quinta edição da Copa Primo Fernandes depois de empatar em 2 x 2 no tempo normal, com gols de Tonho e Adinho, e para a equipe do Uiraúna marcaram Manu e Godolias, e vencer nas penalidades pelo placar de 4 x 3, com grande atuação do goleiro Flávio,

 
Estádio lotado, apara o jogo entre as duas maiores potencias do futebol regional, Major Sales e Uiraúna, a casa representada pelo Manancial, e os visitantes pelo Uiraúna Esporte Clube.

O jogo é pegado, com bastante correria, as duas equipes partiam pra cima, nada de ficar esperando adversário.

Aos 10, Esquerdinha tabela com Manu, toca para Juninho Paraíba, mas ele chuta mal de esquerda e a bola vai para fora.

O time de Major Sales com mais posse de bola, mas não consegue chegar com perigo a meta do goleiro André.

Já o Uiraúna aos 13, é mais objetivo, rouba a bola, Esquerdinha faz bela jogada individual, toca para Manu, que balança o corpo, deixa o zagueiro no chão, e chuta forte para fazer, 1 x 0 para Uiraúna,


O time de Major Sales vai ao ataque, e aos 15, Kairo na entrada da área bate forte, e a bola vai na trave, quase o gol de empate, para o desespero do torcedor nas arquibancadas, a bola não entrou,



A equipe da casa não se abalou com o gol sofrido, com o apoio da torcida, o time partiu pra cima, aos 16, Adinho lança na área, Tonho cabeceia e o goleiro André faz mais uma boa defesa.

O time de Uiraúna com muita qualidade vai ao ataque, aos 17, Arthur recebe de Josivan, gira e chuta forte, mas a bola vai por cima.

Dois minutos depois, a equipe do Manancial cria grande oportunidade, Adinho lança Zé Maria na área, ele fica na cara do gol, limpa o goleiro André, mas não consegue concluir a jogada e a bola vai para fora, desperdiçando grande oportunidade.

O jogo era intenso, com ataques de um lado e do outro, aos 20, Juninho Paraíba cobra falta, e Flávio pega firme,


Arthur quase marca aos 22, depois do chute de João Paulo, o camisa 9 paraibano pega o rebote de cabeça e a bola vai por cima.

Juninho tentou aos 24, passando por dois adversário, mas o chute não saiu como ele queria e a bola foi para fora.

Adinho, em tarde inspirada tenta de longe aos 26, e o goleiro André defende.

Aos 27 minutos, Kairo recebe de Deyvity, lança na área, Tonho chega batendo e encobre o goleiro André, fazendo o gol de empate, 1 x 1, festa no Piozão,


A equipe do Manancial fica mais forte que nunca, os jogadores motivados correm em busca da virada, aos 30, Tonho recebe a bola no contra-ataque, avança, e chuta de fora da área, mas a bola vai para fora, ele poderia ter tocado para Deyvity que corria ao seu lado pela esquerda, mas preferiu chutar.

no último minuto de bola rolando no primeiro tempo, acontece um lance incrível, Esquerdinha pela meia esquerda bate forte da entrada da área, e o goleiro Flávio "opera seu primeiro milagre" da tarde, fazendo uma defesa espetacular, a torcida do Uiraúna, ficou com o grito de gol entalado na garganta.

Com placar empatado em 1 x 1, termina o primeiro tempo.

O segundo tempo já começa com emoção, no primeiro lance, Zé Maria faz jogada pela esquerda e cruza na medida para Adinho na área de cabeça fazer, 2 x 1 para o Manancial,


Virada no Piozão, e o jogo pegava fogo, aliás, a partida era pura adrenalina o tempo todo.

Depois do gol da virada, a equipe de Uiraúna passou a pressionar fortemente o adversário. Aos 08, Esquerdinha recebe na entrada da área e chuta forte, mas a bola vai por cima.

O time do Manancial chegou novamente aos 9, quando Kairo chega batendo forte, o goleiro André defende, a bola sobra para Zé Maria, o atacante ainda tenta de cabeça, mas a defesa corta.

Aos 13, Esquerdinha bate falta, a bola resvala na barreira e o goleiro Fávio pega.

O time paraibano era só pressão, em desvantagem no marcador, partia com tudo em busca do empate.

Aos 17, Buiú lança rasteiro na área, Arthur chega e bate forte, a bola vai na trave quase acontece o empate.

A equipe do Uiraúna jogava no ataque, já o Manancial, não conseguia jogar, vencendo a partida, o time não cadenciava o jogo, de forma errada, quando pegava a bola partia para cima, de forma desorganizada perdendo muitas bolas, e sofrendo com os contra-ataques do adversário.

E não deu outra, como só o Uiraúna tinha a bola, a equipe paraibana chegou ao objetivo aos 21, depois do cruzamento de Esquerdinha e bate rebate na área, Godolias pega a sobra e empata o jogo, 2 x 2.


Dessa vez, a festa era da torcida de Uiraúna.

O jogo ficou aberto, as duas equipes continuavam atacando, o terceiro gol para qualquer uma das equipes aquela altura, poderia significar a classificação para a grande final.

Aos 29, após cruzamento de falta, a bola sobra para Deyvity que chuta forte, o goleiro André faz boa defesa e salva a equipe paraibana de tomar o terceiro.

Esquerdinha responde para o Uiraúna aos 30, ele manda com força, mas a bola passa longe da meta defendida pelo goleiro Flávio.

Zé Maria também tentou aos 34, mas a bola passou longe.

Com os jogadores já desgastados depois da correria intensa durante todo o jogo, os mesmos dão uma cadenciada, tirando um pouco o pé do acelerador e o tempo vai passando, sem mais nenhum lance de perigo, após 3 minutos de acréscimo, o jogo acaba empatado em 2 x 2.

Pênaltis

Se o jogo já foi emocionante no tempo normal, imagine nas penalidades, que por si só já é uma disputa de muita emoção, mas essa em especial, foi demais.

A primeira cobrança para o Manancial, Zé Maria cobra, a bola o goleiro vai para um cato, e a bola vai para o outro, mas acerta a trave. 0 x 0.

Juninho Paraíba cobra e faz, Uiraúna 1 x 0.

Adinho cobra e faz, 1 x 1.

Esquerdinha cobra, e Flávio defende, 1 x 1.

Tonho, bate bem na bola e deixa Manancial na frente, 2 x 1.

Manu bate para o Uiraúna e empata novamente 2 x 2.

Deyvity bate muito mal, e a bola vai para fora, continua 2 x 2.

Arthur tem a chance de deixar o Uiraúna na frente, Mas Flávio defende mais um, 2 x 2.

Kairo cobra, e faz, Manancial 3 x 2.

João Paulo também deixa o seu, 3 x 3.

As duas equipes já haviam cobrado as 5 penalidades cada, era hora dos alternados.

Bruno cobra, e a bola vai por cima, 3 x 3.

Josivan, era só fazer e conseguir a classificação, mas o atleta do Uiraúna imitou Bruno e chutou por cima, 3 x 3.

Dorinho bateu e marcou o quarto do Manancial, 4 x 3.

Godolias, autor do gol que deu o título da equipe em 2009, e também marcou o gol de empate nesse jogo foi para cobrança, e brilho o goleiro Flávio mais uma vez, defendendo e dando a classificação ao time da casa.

Final, Manancial classificado para a final 4, Uiraúna eliminado 3.

O time do Manancial vai fazer a grande final no sábado as 16:00 h, contra a equipe do 08 de Maio de Jericó.

Já o Uiraúna, também no sábado, as 14:00 h, decidindo o terceiro lugar contra o Cruzeiro.

Manancial:



Flávio, Alexandre (Bruno), Dorinho, Gavião, Deyvity, Antonio Vitor (Keninim), Baiá, Adinho, Kairo, Tonho e Zé Maria. Tec. Cléber.

Uiraúna:


André, Buiú, Bitinha, Godolias, Josivan, João Paulo, Sandrinho, Juninho Paraíba, Esquerdinha, Manu e Arthur. Tec. Téa.

Copa Primo Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário