quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Paulo Júnior lamenta nova pausa no Paraibano: Queria uma sequência:

Treinador do Sousa ficou feliz com a primeira pausa no estadual, que serviu para levantar o time, mas desta vez, não queria perder o ritmo de jogo,

Dois jogos foram suficientes para o começo de uma boa reação do Sousa no Paraibano, que conseguiu os seis pontos possíveis após a pausa do Campeonato Paraibano. O time passou 15 dias parado por causa de rodadas das copas do Nordeste e do Brasil, venceu o Icasa em um amistoso, e depois conquistou duas vitórias sobre o CSP e o Serrano-PB. Com o isso, saiu da lanterna da competição e pulou para a oitava posição, fora do Z-2.

E esta ascensão pode estar ligeiramente ameaçada, já que o time vai ter mais outra grande folga na tabela, e assim, passar 10 dias sem jogos oficiais. Isto por causa de rodadas da Copa do Nordeste e do Carnaval.  Desta vez, o tiro pode sair para culatra,

Já que o treinador teme que com esta pausa no calendário, o time perca o embalo que vinha tendo com três vitórias consecutivas. O Sousa só volta a campo no dia 1 de março, às 20h30, no Marizão, contra o atual lanterna Paraíba, pela 10ª rodada.

- Eu não queria que acontecesse esta nova pausa. Pelo contrário, queria uma sequência para continuar neste ritmo. Mas a ideia é treinar bastante nestes 10 dias e trabalhar em cima dos nossos erros, corrigir os defeitos que temos e aprimorar as virtudes, para que na volta, seja novamente um tempo de outra arrancada - afirmou.


Paulo Júnior lamenta pausa de 10 dias no Paraibano (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

E esta ascensão pode estar ligeiramente ameaçada, já que o time vai ter mais outra grande folga na tabela, e assim, passar 10 dias sem jogos oficiais. Isto por causa de rodadas da Copa do Nordeste e do Carnaval.  Desta vez, o tiro pode sair para culatra, já que o treinador teme que com esta pausa no calendário, o time perca o embalo que vinha tendo com três vitórias consecutivas. O Sousa só volta a campo no dia 1 de março, às 20h30, no Marizão, contra o atual lanterna Paraíba, pela 10ª rodada.

- Eu não queria que acontecesse esta nova pausa. Pelo contrário, queria uma sequência para continuar neste ritmo. Mas a ideia é treinar bastante nestes 10 dias e trabalhar em cima dos nossos erros, corrigir os defeitos que temos e aprimorar as virtudes, para que na volta, seja novamente um tempo de outra arrancada - afirmou.

Apesar disso, o treinador comemora a saída da zona de rebaixamento. Até a sétima rodada do estadual, o Dinossauro ainda não tinha vencido nenhuma partida, só tinha conquistado três pontos e marcado O que segundo o treinador Paulo Junior era o grande objetivo.

- Estes 15 dias foram muito promissores porque deu tempo de preparar a entrada de Eder, Gilmar e Ricardinho, que tiverem muito bom desempenho nestes dois jogos. Foi fundamental esta folga porque criamos alternativas de jogo. Era o que queríamos, virar o turno fora da zona de rebaixamento e continuar com esta ascensão - ressaltou o técnico do Dinossauro.

A primeira vitória do Sousa no Paraibano foi contra o CSP na oitava rodada (Foto: Cisco Nobre / GloboEsporte.com)


Globo Esporte PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário