quarta-feira, 17 de maio de 2017

Sousa entra confiante na Série D:

Sem calendário completo para 2018, o Sousa entra na Série D reformulado e confiante no sonho do acesso para a terceira divisão,

Foto: Divulgação/ Sousa EC
O Sousa entra na reta final de preparação para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (21), o Dinossauro do Sertão vai receber o Central-PE, no Marizão, pela primeira rodada do Grupo A7, que também conta com Coruripe-AL e Juazeirense-BA.

Reformulado após a campanha ruim no estadual, quando terminou na sétima colocação, o alviverde agora sonha alto. Chegaram alguns atletas que passaram pelo Internacional-PB, comandados pelo atual treinador sousense, Índio Ferreira. O último deles, o promissor meia Birungueta, revelado pelo Treze. O atacante Isaías, destaque do Auto Esporte e um dos artilheiros do Paraibano, também se apresentou na Cidade Sorriso.

Mas nem só de nomes conhecidos é formado o plantel do Sousa. Vários jogadores da base do clube serão aproveitados, e tem tido espaço já nos amistosos preparatórios. São os caos do goleiro Athirson, o zagueiro Marcelo, o volante Otávio, o meia Luanderson e o atacante Lukinha. O treinador falou sobre a participação dos jovens em um torneio tão importante.

– A confiança, assim como a oportunidade, é dada. Eles são inteligentes e tem uma qualidade tremenda. Não é só pela idade e pelo futebol. É também pela personalidade – elogiou.
Sobre a expectativa para a campanha na quarta divisão, Índio ressaltou as dificuldades do grupo e também destacou que é necessário fazer uma boa campanha jogando no Marizão. Mas deixou claro que acredita que o Sousa vai passar de fase.

– Nosso pensamento é de fazer uma série D e conseguir a nossa classificação. São equipes difíceis e bem preparadas. Dificuldades a gente encontra em todas as competições, mas temos que fazer a nossa parte, treinar bem e focar naquilo que queremos fazer. Dentro de casa não podemos pensar em perder pontos. São nove pontos. Se quiser passar de fase na série D, temos que fazer valer o fator casa. Dentro da nossa casa, temos que ser muito fortes. Se fizermos o dever de casa, faremos a nossa classificação – concluiu.

Em suas redes sociais, o presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, foi ainda mais esperançoso.
– Porque não sonhar com a Série C? O DINO sonha. Vamos sonhar juntos- disse.
Caso não suba de divisão, o Sousa fica sem calendário completo e terá apenas o Paraibano para disputar em 2018, o que fatalmente acarretaria uma queda de receitas para o clube do sertão do estado.

Equipe @Vozdatorcida com informações de Fabiano Blackout.

Nenhum comentário:

Postar um comentário