segunda-feira, 26 de junho de 2017

Uiraúna leva a melhor nos pênaltis e chega as quartas:

 
O Uiraúna conseguiu a classificação nessa tarde de domingo em Major Sales, depois de empatar em zero a zero no tempo normal, e superar a Escolinha nas penalidades pelo placar de 5 x 3, num jogo memorável.

Um jogo dígino de final, assim podemos dizer da partida realizada nessa tarde de domingo no Piozão, e não só o jogo em si, mas a presença da torcida que compareceu em grande número.

Não era para menos, duas grandes equipes, que poderiam muito bem fazer a final, mas seguindo o regulamento, tiveram que se enfrentar nessa fase.


A equipe da Escolinha foi quem tomou a inciativa, e logo aos 3 minutos de bola rolando, Madson chuta de longe, e André pega com facilidade. Um minuto depois, Kleber cobra falta, e a bola passa perto.

O time do Uiraúna chegou aos 8, com Manu batendo forte de longa distância, e a bola foi pra fora.

As duas equipes insistiam nos chutes a longa distância, pois as defesas bem postadas em campo, não permitiam que os atacantes chegassem próximos.

Júnior Lira, aos 9, bate forte, e o goleiro André pega firme.

O jogo era eletrizante, a todo tempo tinha jogadas de ataque, mas os chutes não eram certeiros, e quando isso acontecia, os goleiros estavam preparados para defender.

Manu, aos 10, rola para Alif que chuta e manda muito longe da meta de Francisco.

O melhor lance da partida até então, acontece aos 15, cruzamento que vem da direita, Esquerdinha bate de primeira e a bola passa muito perto do gol.


O Uiraúna chegou mais uma vez, aos 16, com Deda que chuta forte, mas manda muito longe do gol.

A alternância de ataques seguia, aos 17, é a vez da Escolinha, Alex faz boa jogada pela direita, bate cruzado e a bola passa por todo mundo na área.

Uma boa oportunidade foi criada aos 19, quando Mandson cobra falta, a bola sobra para o atacante Kleber, ele chuta, mas a bola foi de vagar e facilitou a defesa do goleiro André.

Aos 26, mais uma vez Esquerdinha recebe bola e chuta forte, ela passa muito perto do gol defendido pelo goleiro Francisco.

Já chegando aos 29, Mandson bate mais uma, a bola com muito perigo, o goleiro André defende mais uma.

Depois desse lance, o time do Uiraúna passou a ter mais a posse de bola, e aluga o campo de ataque, mas não consegue criar muito, até que aos 41, Esquerdinha lança na área, Arthur chuta forte, e a bola passa com muito perigo frente ao gol de Francisco.

Com o placar zerado, muita pegada e equilíbrio, o primeiro tempo termina.


A segunda etapa começa com a equipe do Uiraúna indo para cima, Deda chuta forte de longe, e o goleiro Francisco segura firme, evitando o gol do adversário.

Dois minutos depois a resposta, Júnior Lira cruza na área, Mandason fura de cabeça, e perde grande chance.

Aos 11, tabela entre Arthur e Manu, mas o goleiro Francisco chega tirando a bola, e salvando a equipe da Escolinha.

Na disputa pela bola, o goleiro Francisco e o jogador Manu se chocam, o atacante de Uiraúna leva a pior e cai no chão sentindo fortes dores, o jogo segue, mas depois o árbitro percebeu a gravidade do atleta e paralisa o jogo, um médico é chamado, mas na verdade aparace uma junta médica, Dr Pio, Dr Bosco, Dr Athaíde e mais uns outros médicos que estavam no estádio, entraram em campo para atender o jogador.


 

Depois que o retiraram de campo, acionaram também a ambulância que estava de prontidão no estádio, e o jogador foi levado para o hospital, momentos depois veio a notícia de que o mesmo passava bem.

O jogo continuou, as duas equipes na mesma pegada, Manu que sai as pressas, foi substituído por Buiú.


Buiú que aos 22, lançou Arthur, ele protege bem a bola, e bate forte, ela passa muito perto, e o banco lamenta a chance desperdiçada.

O jogo é muito bom, e quente também, vez por outra, alguns jogadores se desentendem dentro de campo, Júnior Lira conseguiu tirar Esquerdinha do sério, mas ele Júnior que acabou levando um cartão amarelo, já numa jogada contra Buiú, o atleta do Uiraúna acabou levando o vermelho.


Com um a mais, a equipe da Escolinha não conseguiu reverter a sua vantagem numérica, pois o jogo já caminhava para o seu final.

Aos 34, após contra-ataque, Raul chega chutando e a bola vai para fora.

Não deu mais tempo para nada, e o árbitro apita fim de jogo. zero a zero, agora, era hora das penalidades.

Penalidades

O time do Uiraúna é quem bate primeiro, e para abrir as cobranças, nada melhor que o craque do time, Esquerdinha faz 1 x 0.

Com muito sangue frio, de cavadinha Kleber empata, 1 x 1.

Allif também deixa o seu, 2 x 1 para Uiraúna.

Mandson empata para Escolinha, 2 x 2.

Arthur cobra e deixa novamente o Uiraúna em vantagem, 3 x 2.

Raul, cobra para Escolinha e deixa tudo igual, 3 x 3.

Deda, também marca, Uiraúna 4 x 3.

Tiano, bate, e o goleiro André defende, continua 4 x 3.

A última cobrança é de João Paulo, ele cobra e faz, o gol  da classificação, 5 x 3.

O time do Uiraúna passa de fase e agora vai enfrentar o Renovação de Água Nova, jogo marcado para o dia 15 de julho, um sábado.

Esse foi o segundo jogo entre essas duas equipes, e mais uma vez empate, difícil assim dizer qual é a melhor, dois grandes times, quem compareceu ao estádio, lamentou por as duas equipes terem que se enfrentar tão cedo na competição, poderiam ter ido muito mais longe, se tivessem enfrentado adversários diferentes, mas isso acontece pela classificação que tiveram na primeira fase.

Uiraúna:

 
André, Allif, Bitinha, Godolias, Sidney, João Paulo, Sandrinho, Deda, Manu (Buiú), Arthur e Esquerdinha.

Escolinha:

 
Francisco, Joãozinho, Boboinha, Magrão, Tiano, Júnior Lira, Washington, Raul, Mandson, Kleber e Alex.


Trio:


Mignum, Praxedes e Lázaro.

Copa Primo Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário