segunda-feira, 14 de maio de 2018

Lastro vence o rival Cruzeiro e também chega aos 12 pontos:

 
O time do Lastro venceu a equipe do Cruzeiro de Sousa pelo placar de 3 x 2, nessa tarde de domingo, 13, em jogo válido pelo grupo E.

Os gols da equipe vitoriosa foram marcados Cléber duas vezes e João Victor, já para a equipe sousense marcaram Gago e Kleitinho.

O Lastro que já estava classificado alcançou os mesmos 12 pontos conquistado pelo São Vicente de Marcelino Vieira no grupo H.

Agora a equipe do Lastro espera pelo sorteio para saber quem será seu adversário na próxima fase.

Já o Cruzeiro ainda tem um caminho a percorrer, com 6 pontos em três jogos, o time de Zé Filho irá enfrentar o Aparecida, que por sua vez ainda tem dois jogos para fazer, além desse um contra o Independente de Sousa.

O Aparecida tem 1 ponto e pode chegar a 7.

Porém essa partida só será decidido quando será realizada nessa semana, pois o time de Sousa (Independente), tem problemas na Comissão de Justiça, uma vez que no jogo dessa equipe contra o Cruzeiro houve invasão de campo, e agressão física a arbitragem.

Por falar nisso, infelizmente ficamos sabendo que na partida desse domingo entre Lastro x Cruzeiro, houve mais problemas com a arbitragem, não chegou a ter agressão física, mas muita ameaça de alguns jogadores do Cruzeiro. Segundo relatos do árbitro Renato Bezerra, alguns atletas do time de azul ameaçaram o mesmo dizendo que ele sabia o que tinha acontecido com os outros no jogo contra o Independente, e poderia acontecer o mesmo com ele naquela tarde.

Renato fez questão de frisar que nem todos os jogadores, nem a comissão técnica chegou a ameaça-lo, mas sim alguns atletas do Cruzeiro.

Após o jogo, algumas pessoas comentaram sobre isso nos grupos de Whatsapp, dizendo inclusive que a cidade de Sousa não tem a menor possibilidade de sediar a Copa Primo Fernandes.

É lamentável  que coisas dessa natureza venham acontecer, logo em Sousa, onde tem muita gente que gosta de futebol, que é inspiração para as equipes amadoras do Sertão paraibano e até mesmo do RN.

Pessoas que são muito bem recebidas na cidade de Major Sales, especificamente no estádio O Piozão, e os problemas que aconteceram no estádio Marizão, foram exatamente com árbitros da cidade da terra da cultura.

Copa Primo Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário