quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Seria cômico se não fosse trágico


Mais uma vez as pessoas que dizem cuidar do "valioso" esporte jpenhense mostram-se fora de sintonia com os potenciais locais. Depois da reunião entre os presidentes de equipes, desportistas, da elaboração das chaves e conseguintemente o acerto total com os árbitros, visando o inicio das atividades, houve uma reviravolta na maneira como foi acertado anteriormente, o representante do esporte local em conversa com o  dirigente politico revogou a tese da arbitragem jpenhense trabalhar na segunda fase do campeonato em questão, sem nenhuma alegação, observação e motivo feito aos mesmos.
Luciano e Adjailton são árbitros já possuem uma certa experiência  na arbitragem regional sendo considerados em seu trabalho correto e imparciais, unidos levam a bandeira de José da penha em varias cidades e estados por onde trabalham, exemplo disso é sua presença em vários municipais mundo afora e regionais como primo Fernandes, copa união de futsal de uiraúna que é a maior competição de futsal da região envolvendo três estados. De todas as edições realizadas dupla acima mencionada desenvolveu suas atividades em jogos e em todas as finais com enorme competência, adquirindo junto aos organizadores grandes prestigio e confiança, provando assim a lisura dos mesmos. o que vejo em outros municípios é o apoio total aos valores e potenciais do esporte em suas localidades, diferentemente de José da penha que mais uma vez fecha as portas para os seus filhos, cidadãos de bem e acima de tudo amantes do esporte local. Diante disto se faz valer e desejar melhoras em um futuro próximo.


"Deus me enviou à terra com uma missão. Só Ele pode me deter, os homens nunca poderão."

Bob Marley

Nenhum comentário:

Postar um comentário