terça-feira, 23 de agosto de 2011

Cabeça Vazia.



Nossa realidade esportiva é sem duvida uma das mais pobres observadas nos últimos trinta anos de futebol, antigamente os jogadores eram espontâneos realistas e além de tudo eram criativos nos quais tinham um imenso amor aos seus clubes formuladores, isso tanto no profissional como no amador, hoje a maioria dos atletas raramente tem atitudes uma vez que o mesmo fazendo 1 ou 2 "golzinhos" em alguma partida, já é apelidado de craque por alguns "burros" de plantão que levam o nome de comentarista divulgam que o citado jogador já é gênio, merecendo uma vaga na seleção brasileira. Diante disso o atleta mau preparado psicologicamente promove mudanças desnecessária tais como brincos, tatuagens, cabelos fora do normal e acima tudo entram em um processo de transformação precoce, levando em certos casos a uma decadência moral e muitas vezes não rendem o esperado em campo devido a esses excessos, e muitas das vezes não se tornam o craque ou gênio que todos esperavam e que o mesmo poderia se tornar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário